Quando é vantajoso ter um síndico morador no condomínio?

O síndico desempenha um papel fundamental no dia a dia do condomínio. E zelar pelo bem-estar do condomínio e dos moradores está entre suas principais tarefas. Por isso, exige-se atenção, paciência, disposição e muito jogo de cintura para lidar com alguns conflitos.

Para gerir todas as responsabilidades sem deixar nenhuma tarefa de lado, recomenda-se que este profissional tenha um bom planejamento e um cronograma de metas. E entre as suas obrigações estão: gerenciar os funcionários, fazer manutenções, acertos de contas, convocação de assembleias e etc.

para um condomínio de pequeno porte (até 500 unidades), contar com um síndico morador garante algumas vantagens, uma delas é que ele está presente para resolver eventuais problemas, conhece o condomínio e tem total interesse, como morador de resolver os problemas. O custos também são menores, englobando um pro-labore e, geralmente,  a isenção da taxa condominial, considerando que o síndico profissional costuma ser bem mais dispendioso. Além disso, o síndico morador conhece os vizinhos, e com isso, consegue fazer a política da boa vizinhança.

O síndico profissional, por sua vez, leva vantagem quando se trata de um condomínio de grande porte cuja administração é mais complexa e exige controles oficiais de contabilidade e financeiros.

Por isso, é preciso analisar a situação do prédio e escolher a opção que mais se enquadra no perfil do condomínio com o melhor custo x benefício. E lembre-se sempre que síndico desempenha um papel importante no dia a dia de um condomínio.